Comprar uma casa usada: 6 aspectos a ter em conta!

Fique atento aos pormenores, eles fazem toda a diferença

A compra de uma casa usada requer alguns aspectos a ter em conta: será que o valor que está a ser pedido pelo imóvel é justo? O tipo de construção e o seu estado de conservação também são importantes uma vez que poderão ter implicações no futuro. Comprar uma casa é uma decisão de elevado peso principalmente quando assenta na compra de casas usadas. É essencial ter olho crítico na avaliação da sua futura casa para prevenir futuros aborrecimentos:

Construção

Deverá informar-se acerca da construtora responsável pela casa, o ano em que foi construída e se houve alguma intervenção posterior à sua construção. Esta informação irá dar a conhecer o estado atual do imóvel e avaliar a possibilidade de efetuar futuras obras ou remodelações. Se for este o caso, não se esqueça de pedir a planta da casa e certifique junto da Câmara Municipal se a obra é legal e tem licença de habitação para evitar custos extras de licenciamento ou demolição. Verifique o exterior da casa e tenha em conta a sua localização, luminosidade, humidade, impermeabilização e isolamento para prevenir infiltrações. 

Interior da casa

Comece por averiguar a tipologia do imóvel, ou seja, se a disposição e as dimensões da casa vão ao encontro das suas necessidades. Analise a espessura das paredes para perceber se são consistentes a nível térmico e acústico. Verifique se existem sinais de humidade, rachas ou manchas nas paredes, tetos da cozinha e casas de banho para perceber se existem problemas de infiltrações ou canalização. O estado de conservação dos materiais das janelas e caixilharias (alumínio ou PVC) deve ser igualmente avaliado bem como perceber se existe alguma protecção exterior (estores e portadas). Confirme se os vidros são duplos e se tem um bom isolamento. A canalização é outro factor chave: as mais antigas tendem a criar depósitos e podem diminuir o fluxo da água pelo que é importante testar a pressão da mesma. Deve informar-se acerca do sistema de aquecimento de água (elétrico, termoacumulador ou a gás) e verificar também a instalação elétrica: saber qual a potência instalada e se alguma vez foi trocada, bem como a quantidade de tomadas que existe em cada divisão. 

Eficiência energética

A eficiência energética de uma habitação é impactada por vários aspetos, tais como o tamanho e a quantidade de janelas e ainda a orientação solar da casa. Quanto mais sol e luz natural a casa receber, mais eficiente a nível energético será, uma vez que não vai precisar de tanta qualidade de luz artificial. Verifique, por último, se existem painéis solares instalados pois irão poupar-lhe imenso dinheiro em gás. 

Documentação

O certificado energético do imóvel é um dos documentos obrigatórios no processo de compra de casa, uma vez que irá servir também para realizar uma estimativa dos gastos que poderá vir a ter. É igualmente importante consultar a Certidão de Teor (adquirida na Conservatória do Registo Predial) que lhe irá permitir averiguar se existem penhoras, hipotecas, ónus ou outro tipo de encargos associados ao imóvel. Deve ainda certificar-se que o imóvel está livre de herdeiros ou se tem algum contrato de arrendamento ou de usufruto por parte de terceiros.

Impostos

Para além da compra da casa, é importante que se informe sobre outros gastos que terá com o imóvel, nomeadamente o IMI. O Imposto Municipal sobre Imóveis é uma tributação obrigatória que representa uma despesa anual avultada e, no caso dos apartamentos, ainda poderão existir os custos de condomínio. Dirija-se às finanças e certifique-se que o pagamento do IMI está em dia, se não existem ónus fiscais sobre o imóvel e se existe alguma tarifa de saneamento aplicada ao município one se localiza. Poderá também informar-se acerca de todos os impostos obrigatórios inerente à aquisição do imóvel. 

Inquilinos anteriores

Se possível, procure conhecer os inquilinos que já passaram pela casa e qual a finalidade que deram à habitação. Saber o seu historial dá-lhe uma ideia do desgaste que a casa possa ter sofrido e o seu estado de conservação.


Inês Rita

March 10, 2020 - 3:29 pm

1